Ser-se almofada

Precisamos de ser verdadeiras almofadas. Almofadas reconfortantes que deixem o oprimido repousar para que ele possa descomprimir e encontrar o alívio de uma vida sem o peso do sufoco.
Precisamos de ser almofadas. Almofadas para que todos os que estão isolados possam recostar as suas cabeças. Para que encontrem em nós o abrigo que muitas vezes lhes foi negado ou retirado. Almofadas que lhes possibilitem o abraço aconchegante para que encontrem de novo o sentido de uma vida em comunhão.
Precisamos de ser almofadas. Almofadas que não sirvam apenas para fins decorativos, mas que deixem as suas marcas na vida de cada um. Almofadas que marquem o rosto de cada um como sinal de acolhimento, de acompanhamento e de verdadeira empatia.
Precisamos de ser almofadas. Almofadas que amparam nos momentos de aflição e de dor. Almofadas que amaciam e massajam os pensamentos que gritam no silêncio de cada um.
Na vida necessitamos, sem dúvida alguma, de ser almofadas para que possamos dar corpo a uma entrega que se baseia num conhecimento profundo da natureza humana.
Na vida de cada um precisamos de ser almofadas que se deixam receber, não se preocupando com o formato, mas com a qualidade que cada um deve ter para que a sua dignidade não seja colocada em causa.
Precisamos, em toda a nossa vida, de ser verdadeiras almofadas para que um dia possamos ser albergues da vida.
Saibamos ser almofadas, para que todos se possam deitar dignamente perante a vida!

[Texto da autoria de ©Emanuel António Dias]

julian-howard-642517-unsplash

[Fotografia da autoria de ©Unsplash]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s