Dor singular

“Ninguém tem ombro
para suportar sozinho o peso de existir.”
Mia Couto

Tu também podes sofrer. Não és obrigado a suportar tudo.
Não tens que olhar para o sofrimento com os olhos dos outros. Não tens que ultrapassá-lo da mesma forma.
Tu tens direito a sofrer. Não tens que menorizar o teu sofrimento, só porque todos passam por isso. Não tens que menorizar o teu sofrimento, só porque te mentalizam que isso é parte integrante da tua vida.
A dor é tua. A ocasião é tua, por isso tens de ser tu a procurar o teu jeito de caminhar neste deserto. Tens de ser tu a optar pela melhor posição para poderes enfrentar todas as tempestades de areia.
És tu que decides que portas deves abrir ou não.
És tu que escolhes quais os ombros em que te deves apoiar.
És tu que defines qual o rumo da tua cura.
Não há tempos exatos, porque a tua humanidade faz de ti único.
Não há fórmulas mágicas, porque és tu que trabalhas em ti mesmo.
A tua humanidade revela-te a riqueza da tua originalidade, por isso cada traço que fizeres jamais poderá ser repetido no mundo. Cada movimento que deres ficará marcado pelo rasto que tu quiseres deixar.
Neste teu caminhar pela estrada do pó, só tens de ser olhado e respeitado como verdadeira pessoa.
Aqui não entram as tuas falhas. Não entram as tuas más ações. Não entram os arrependimentos. Não entram aquilo que os outros podem vir a pensar, nem aquilo que desejariam para ti.
No momento da tua dor interessa saber como a podes arrancar de ti. Interessa perceber como todas essas pedras podem ser amontoadas, para que a tua caminhada se torne mais leve.
Tu também podes sofrer, porque tudo isso te pertence, mas não significa que permanecerá eternamente agarrado a ti.
Tu também podes sofrer, porque não tens de ser constantemente forte para um mundo que é tão grande e frio.

[Texto da autoria de ©Emanuel António Dias]

girl-1246690_1920

[Fotografia da autoria de ©Free-Photos]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s