Amar com sacrifício

“…redescobrir que por detrás de tudo o que é grande,
belo e verdadeiro está necessariamente o sacrifício,
como disponibilidade para assumir o custo do nosso amor.”
Pe. José Tolentino Mendonça – O Pequeno Caminho das Grandes Perguntas

Vai-se perdendo esta disponibilidade do sacrifício nos nossos dias.
Olhamos para ele de lado e como algo que apenas traz prejuízo para a nossa conta da vida.
Tentamos evitar ao máximo tudo o que remete para a dificuldade, para a superação e para a privação, como se na nossa liberdade não estivesse implicado sermos capazes de enfrentar aquilo que tanto nos custa e que muitas vezes nos impossibilita de chegar ao destino.
A verdade é que quem se sacrifica, ama muito mais.
Ama muito mais, porque dá mais de si.
Ama muito mais, porque se entrega totalmente à causa.
Ama muito mais, porque se relaciona de corpo e alma.
E só quem se deixa relacionar desta forma pode deixar criar em si e nos outros tudo aquilo que é bom, belo e verdadeiro.
O sacrifício não tem de ser para sempre um tormento, nem um “peso pesado” que não nos deixa viver.
O sacrifício tem, isso sim, a capacidade de nos levantar a cabeça para que possamos reparar em todas as etapas do caminho.
É com ele que começamos a valorizar a escuta e a importância do olhar. É com ele que valorizamos cada queda. É com ele que valorizamos cada pessoa que cruzou o nosso caminho. É com ele que conseguimos interpretar o significado de cada silêncio prolongado. É com ele que nos apercebemos do verdadeiro dom que é a nossa vida.
Se queremos viver teremos que conseguir amar com sacrifício, não para nos auto mutilarmos, mas para que tudo aquilo que ofereçamos seja autêntica dádiva.
Urge, nos dias de hoje, que saibamos ser verdadeira dádiva, para que no entardecer das nossas vidas a nossa conta não seja apresentada com saldo negativo.
Urge, nos dias de hoje, que saibamos pôr a render a nossa vida, para que os juros dela possam crescer em forma de amor verdadeiro e puro.
Tenhamos a audácia de amarmos muito mais…

[Texto da autoria de ©Emanuel António Dias]

enter-sense-2431669_1920

[Fotografia de ©ole044]

Anúncios

3 pensamentos sobre “Amar com sacrifício

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s