Há um lugar que é só teu…

Há um lugar que é só teu. Um lugar sem limites, nem complicações.
Há um lugar que é só teu e que o mundo não tem como entrar nele.
É lugar de encontro permanente. É lugar para a maior de todas as descobertas.
É lugar para desvendar o mistério da tua vida.
Não é um lugar turístico.
É lugar para ser aberto quando tu quiseres e não quando o mundo necessita.
És tu quem o deves contemplar. És tu quem o deves arrumar. És tu quem o deve manter seguro.
Não deve ser o teu lugar de fuga, muito menos o teu museu de conquistas.
Deve ser tudo o que és e o que fazes.
Deve ser tudo aquilo que sonhas.
Deve ser toda a paz e toda a adrenalina que tu necessitas.
É o teu lugar, mas não o teu refúgio.
Ali deves libertar-te quando fores sequestrado pelas amarras da vida.
Ali deves-te permitir que vivas autenticamente.
É o teu lugar e para isso não precisas de licença.
Tens via verde para esse destino que só a ti te pertence e que só a ti te deve preencher.
Há somente um lugar que te tira da escuridão.
Há somente um lugar que te tira do sufoco.
Há somente um lugar que deixa ser quem tu és.
Por isso, não deixes que a porta se feche.
Abre-o. Cultiva-o.
Há um lugar que é só teu e esse tem de fazer parte da tua viagem.

[Texto da autoria de ©Emanuel António Dias]

silhouette-728784_1920

[Fotografia da autoria de ©Bramjotsinghkohli]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s