Medo

Tu tens medo!
Tens medo por não conseguires enfrentá-la.
Tens medo por não conseguires esquecer.
Tens medo porque não sabes reagir ao sofrimento.
Tu tens medo!

E por causa disto tornaste-te fraco, inútil e sem esperança.
Os teus olhos já não brilham. O teu rosto já não sorri. E a tua mente está cansada!
Tu perdeste o que de melhor havia em ti.
As tuas gargalhadas e o teu sorriso que traziam a felicidade aos outros. O teu bem estar que confortava aqueles que contigo estavam.
Mas, a verdade, é que apenas ficaste sem vontade. Sem querer viver. Sem querer estar. Apenas ficaste para marcar presença em cada dia que passava por ti…

Por onde andas, Emanuel?

Tem sido esta a avaliação da minha mente antes de adormecer e depois de acordar…
É uma análise correta daquilo que hoje me define, mas que ainda não a consigo contrariar.
Que o Emanuel que desapareceu volte de novo até mim para que os que me rodeiam se sintam bem, mas acima de tudo que venha para me salvar deste estado de espírito que se apoderou de mim!

Caros leitores, também vós tereis muitos medos. Por isso,  não vos deixeis fracassar! Permanecei fortes.
Acreditando que um dia tudo voltará a ficar bem, um dia dia tudo será como planearam.

Lutem, para que o que existe de melhor em vós permaneça sempre convosco!

Sejam verdadeiros testemunhos de sacrifício, felicidade e sucesso.

Não desistam de vós, pois se o fizerem não haverá ninguém que vos consiga tirar do fundo…

Acreditem sempre no vosso valor. Acreditem sempre na vossa pessoa!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s